quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Tubos

Grés refractário (1260ºC), vidrados (1030ºC),
lamas de pastas e vidrados (1030ºC)
.
"Tubos e Outras Coisas"
J R

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Vasos


Grés chamota fina (1240ºC) e Terracota (1020ºC)
J R

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Boassas 2006

Fernando Malo diz no seu blog que espera que as suas peças – os armários estão cheios – encontrem mãos que as acariciem com prazer.
Essa maneira de dizer fez-me lembrar o quanto eu aprendi ao vê-lo, em Boassas, a tocar e a falar com elas.

video

Jesus Castañon e Fernando Malo em Boassas, 2006

J R

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Peixe





Modelado em Pontevedra, cozi-o no meu forno a gás (1240ºC) , em Celorico. Depois, resolvi fazer uma redução, dentro de uma caixa de ferro bem fechada, contendo combustível no interior.

J R

sábado, 11 de outubro de 2008

Terra Sigillata

.
Terra Sigillata é um revestimento macio e lustroso de argila que parece um vidrado e, foi usado primitivamente antes de se inventarem os vidrados para tornar menos porosos os utensílios de barro.
O nome significa “terra selada” e a técnica esteve perdida durante séculos, até que em meados do séc. XX foi redescoberta a natureza do material que era empregue e, na sequência, a técnica.
Foi muito usado pela olaria clássica grega “Attic”, nos figurativos vermelho e negro.
Actualmente, o termo terra sigillata é usado para referir revestimentos especialmente finos de argila, aplicados em peças cerâmicas.
Recentemente tive contactos com a ceramista grega Theodora Chorafas, que demonstrou a técnica, tendo eu ficado interessado e, depois, entusiasmado. Procurei mais conhecimentos em literatura e imagens de Russel Fouts, Vince Pitelka, Michael Wisner, etc.
Estou a dar os primeiros passos, que me deixam contente.
.

video

--Clique--

J R

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Curso em Pontevedra

.
Arcadi Blasco explicando como faz a redução

Há cerca de um mês fiz uma referência ao X CURSO INTERNACIONAL DE CERÂMICA CONTEMPORÂNEA, realizado no Pazo da Cultura, em Pontevedra, na 2ª quinzena de Agosto, em que participei.
.
Arcadi Blasco e J. R.

Como esquema do programa, cada mestre fez uma apresentação da sua obra, no anfiteatro, seguida de tempo suficiente para troca de impressões sobre as mensagens nela transmitidas, técnicas que utiliza, materiais etc. Este ponto foi desenvolvido em um dia e meio.


J. R. em trabalho

Seguidamente, em oficina, todos desenvolvemos trabalhos, os mestres também. O apoio que estes deram aos “alunos” foi muito apreciado.
.

Juan Granados e J. R.

.


Theodora Chorafas demonstrando técnica

Nos dois últimos dias fizeram-se as cozeduras no forno eléctrico e em fornos que construímos no recinto de uma escola próxima do local onde estivemos.

Grupo etnográfico local

Foi neste recinto que se fez o fim de festa, com comidas e bebidas da região, grupo etnográfico, danças etc., não faltando, já à noite, a maravilhosa “queimada” (digestivo feito com aguardente, açúcar, casca de limão e uns grãos de café a que se chegou o lume).


J. R.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Encontro de Ceramistas na Corunha

.
Vai realizar-se nos dias 18 e 19 de Outubro um ENCONTRO DE CERAMISTAS na Corunha, com inscrição grátis, em que será analisada e debatida a actual situação da Cerâmica e, mais ainda, propor acções para dinamizar o sector.
Nunca será exagero compartilhar experiências entre todos. O que fizermos colectivamente depende de cada um de nós.
Para os interessados aqui vai o endereço http://galegadeartesans.org/ga/noticias/index.html
Pormenores em “mais información”
J R

domingo, 5 de outubro de 2008

Cristina Guzman Traver

.

Tenho pena de não poder ir a Vila Real, Valência, Espanha.
Pois abriu na 6ª-feira passada, na Galería Espai Assaig, fechando no dia 31 de Outubro, a exposição "Dones Atrapades” da minha amiga Cristina Guzman Traver e gostaria muito de ver a sua obra.
Desejo-lhe o sucesso que merece.
JR